sobre

Sempre considerei autoajuda uma boçalidade. Esta coisa de “acredite e você conseguirá” não pode enganar além do terceiro neurônio. E esta é a frase mais leve que você lerá aqui sobre o tema. Se isso lhe incomoda, então boa sorte na sua vida, porque este blog não é para você.

Para quem gosta de autoajuda, este blog poderá servir como um alerta. Um alerta para o fato de você estar desperdiçando tempo, dinheiro e energia em algo que não lhe dará nada em troca.

Para quem já não gosta de autoajuda, será a confirmação de antigas desconfianças – além de fonte para algumas ótimas risadas.

Mas acima de tudo, este é um blog sério. Eu não faço piadas com autoajuda – a menos que você comece.

E mesmo que o tom do blog pareça agressivo demais, ou sarcástico ou ácido demais, em cada texto você terá a chance de ver um outro ponto de vista, de enxergar uma situação de um ângulo diferente, de aprender algo novo – ao contrário dos livros de autoajuda, que repetem sempre a mesma ladainha.

Minha sugestão é que você faça o uso que quiser desta chance. Você pode achar que o que eu digo é a mais pura besteira. Que eu apenas tenho inveja de quem escreve autoajuda e vende livros aos milhões. Ou que, no fundo, as críticas que faço têm um fundo de razão. Ou não. Boa sorte!

3 comentários em “

sobre

  1. Rodolfo, adorei seu blog e vou continuar seguindo!
    Finalmente alguém está escrevendo o óbvio: que motivação é essencial, mas que não se chega a lugar algum sem trabalho sério!
    Se precisar de uma colaboradora, pode contar comigo!
    Parabéns, Larissa

  2. Olha, to concordando com vc, porque é muito facil pensar positivo e ACREDITAR que as coisas vao melhrar, quand se está NUMA BOA, com dinheiro abundante ou pelo menos o suficiente para a conta bancária permanecer com saldo positivo.Eu tive um problema de estiramento muscular e foi aí que descobri, que pensamento positivo, ter fé, ter confiança de que um milagre INSTANTANEO vai acontecer pelo menos no dia seguinte, é tudo mentira! Estou me recuperando(quase 5 meses), e a cura vem de mim, do meu proprio corpo…me decepcionei com o pensamento positivo, e com a ,fé de que DEUS faria PRA MIM, uma pessoa ESPECIAL, que vive falando de DEUS para os filhos e pra tudo mundo, uma cura rápida e milagrosa…mas eu tive que amargar, passar por essa situaçao horrível de ter que ficar de repouso, tempo suficiente para a cura e isso é NORMAL para todos, crentes ou nao em DEUS e no pensamento positivo. Comprei bateladas de livros, e me arrependo muuuuuuito…acabou foi me confundindo mais e me decepcionando pra caramba. A liçao é que devo depemder de mim e cuidar muito bem do meu corpo, dos meus negocios e tudo o mais, com a minha inteligencia, pois é só isso que DEUS me deu e me dá…e isso é tudo que eu tenho!O resto é tudo papagaiada!!!! valeu! obrigada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *