As “Leis” da autoajuda

LeisAutores de autoajuda são pródigos em criar “Leis”. São as 7 Leis da Felicidade, as 21 Leis do Universo, as 417 Leis da Vida Serena, as 36.894 Leis da Mandala ou as 644.781 Leis da Água Borbulhante.

Independentemente da quantidade de artigos, cada charlatão vende sua própria contagem de regras, tão vazias quanto incoerentes.

Continue lendo “As “Leis” da autoajuda”

murphy e a autoajuda

Puxa, ele morreu. Que azar...
Puxa, ele morreu. Que azar…

“Se algo pode dar errado, dará”, diz a fatalista Lei de Murphy. A sentença, normalmente proferida depois de um revés, esconde duas outras lições que teimamos em não aprender:

“Se algo não pode dar errado, não dará”. Embora óbvia, a frase lembra que para alguma coisa dar errada é preciso que suas causas estejam a postos, na hora certa. Se não estiverem, tudo correrá bem.

E por qual destas causas – que resultaram no problema – você é diretamente responsável? Qual delas aconteceu por falha sua, ou mesmo negligência? Ora, melhor botar a culpa no Murphy, não é?

Continue lendo “murphy e a autoajuda”

pé quente*

Costumo insistir que muito do que se fala e escreve sobre autoajuda é completamente inútil, não serve para nada. Mas nem tudo. Algumas coisas, além de não trazerem benefícios, ainda causam sérios prejuízos.

Um dos motivos é o fato de você achar que a sua vida vai melhorar só por ter lido um livreco cheio de frases de efeito. Você fica esperando seus problemas se resolverem sozinhos – porque, segundo a autoajuda, basta acreditar – e eles só pioram.

Mas há algumas dicas que ajudam. Ajudam a piorar o cenário bem mais rápido. Veja o caso dos participantes de um seminário de Tony Robbins, no mês passado, em San Jose, Califórnia. Eles chegaram ao evento acompanhados de seus problemas e, horas depois, saíram com queimaduras de segundo e terceiro graus. Além dos problemas que já tinham.

Continue lendo “pé quente*”

Navegar é preciso…

FONTE: Revista SER Espírita
FONTE: Revista SER Espírita

Se você também curtiu a frase ao lado1 no Facebook ou Twitter, então responda depressa:

– o que é uma genoa?
– estibordo é o lado esquerdo ou direito da embarcação?2

Se me derem um barco a vela para comandar, é possível que ele ande para trás, bata no cais e afunde. Talvez aconteça o mesmo com você. Ajustar as velas de um barco é algo que vai além das minhas habilidades.

Continue lendo “Navegar é preciso…”

tudo dá certo no final?

Uma das frases mais repetidas nos manuais de autoajuda é:

TUDO DÁ CERTO NO FINAL. SE NÃO DEU CERTO,
É PORQUE AINDA NÃO CHEGOU NO FINAL.

A sentença representa um conselho de valor inestimável e de enorme utilidade – desde que você seja imortal.

Continue lendo “tudo dá certo no final?”

direto do twitter

Todos já percebemos que as redes sociais estão inundadas pela praga da autoajuda. Citamos alguns exemplos do Facebook no último texto e, agora, vejamos o que o Twitter tem a nos eferecer de ruim.

A única vantagem do Twitter em relação ao Facebook é que é mais difícil postar aquelas imagens deprimentes que, via de regra, acompanham os preciosos ensinamentos – isso requer uma habilidade fora do alcance de quem posta frases no Twitter. Além disso, há a limitação dos 140 caracteres, algo realmente instransponível para o QI médio do autor de autoajuda.

Então, para ser justo, também limitarei meus comentários a 140 caracteres e não adicionarei imagem alguma.

Continue lendo “direto do twitter”

facebook: esse prodígio da autoajuda

O Facebook transformou-se num enorme palanque de autoajuda. Pôr-do-sol, arco-íris, crianças brincando e bichinhos fofinhos são os panos de fundo de edificantes mensagens motivacionais.

Vamos dar uma olhadinha em algumas?

Continue lendo “facebook: esse prodígio da autoajuda”

o que nunca disseram sobre autoajuda

Depois que você leu um punhado de livros de autoajuda e continua na mesma pindaíba, espero que já tenha entendido que o segredo para o sucesso não consiste em apenas querer ser um sucesso.

Embora os livros de autoajuda digam que você tem tudo para ser o próximo milionário, você continua almoçando no quilo mais barato. Por mais que você queira ser rico. Por mais que você queira muito ser rico. Por mais que você queira muitíssimo ser rico.

Querer, apenas, não adianta. Querer, somente, não vai te dar um Real. Querer, isoladamente, é como sonhar com a Mega Sena sem ao menos comprar um bilhete. É um sonho tolo, uma esperança inútil.

Continue lendo “o que nunca disseram sobre autoajuda”

dicas para a posteridade

Alguns destes livros de autoajuda se dizem manuais de regras gerais para ser feliz. São como dicas para a posteridade, esquecendo-se de que quem os lê já está lá, na tal posteridade.

São tão úteis quanto um manual da adolescência para quem já passou dos vinte.

Ainda assim, via de regra eles amealham valiosíssimas sugestões como "não fale de boca cheia", "respeite os mais velhos" ou "não coloque o gato do vizinho no microondas".

Trata-se, na verdade, de um apanhado de obviedades e mínimas doses de bom senso que – na boa -se você precisa deste tipo de conselho, então você realmente precisa deste tipo de conselho. Sim, porque você deve ser um ogro subshrekiano.