autoajuda financeira

Sob os mais variados disfarces, diferentes veículos e distintas carapuças, sempre há uma armadilha de autoajuda pronta a pegar um desavisado. A mídia, por exemplo, está repleta delas.

Recentemente o caderno de Economia do UOL estampou um bom péssimo exemplo em suas páginas: Como juntar R$ 1 milhão com R$ 360,00 por mês.

Continue lendo “autoajuda financeira”

criatividade e autoajuda

Muitos autores já mostraram que uma dose de fracasso é um componente necessário à construção do sucesso – desde que você consiga aprender com seus erros, é claro.

Em Adapt, Tim Harford lembra que o erro é parte integrante do processo de tentativa e erro. Já em Mindset, Carol Dweck sugere que a forma como você lida com seus fracassos é fundamental para o crescimento pessoal e profissional.

Continue lendo “criatividade e autoajuda”

por que isso não dá certo?

A fórmula consagrada da autoajuda diz, basicamente, que o destino de todo mundo é ser um estrondoso sucesso folheado a ouro. Nenhum livro de autoajuda diz para você se contentar com o que tem, nem que você já alcançou mais do que merecia. Isto é bem óbvio, até.

Segundo estes manuais, a única coisa que você precisa para se dar bem na vida e ter tudo o que sempre sonhou é querer se dar bem na vida. Afinal, este foi o motivo pelo qual você comprou o livro em primeiro lugar, não foi?

Continue lendo “por que isso não dá certo?”

menor esforço, maior ilusão

Escrevi por aqui, em algum lugar, que a autoajuda baseia-se na Lei do Menor Esforço. Você jamais encontrará um título que diga que para ter sucesso no trabalho é preciso ser faixa preta em Estatística e Finanças, ou que para emagrecer deve alimentar-se como um náufrago e exercitar-se como um maratonista – nunca o contrário!

Em vez disto, os livros pregam que você será presidente da empresa assistindo Chaves e ficará fininho comendo como o Seu Barriga. Bom, se isto não for o suficiente para você desistir destas teorias, deixe-me tentar um pouco mais.

Continue lendo “menor esforço, maior ilusão”

o que é autoatrapalha?

O autoatrapalha foi uma ideia que surgiu no meu outro blog, o Não Posso Evitar…, numa das minhas inúmeras críticas à autoajuda.

A autoajuda é uma doutrina que prega que o nosso destino está em nossas mãos, que o sucesso é uma questão de vontade, que a felicidade reside em você mesmo.

Não discuto nada disso, porque realmente acredito que somos os atores principais de nossas histórias individuais. Enquanto enredo, a autoajuda está perfeita. O problema, meus caros, está nos atores. Em mim e em você.

Continue lendo “o que é autoatrapalha?”

que segredo é esse?

Cá entre nós: nunca lhe pareceu estranho um livro de autoajuda se chamar "O Segredo"? Se fosse um romance policial ou uma história de terror, ainda vá lá. Mas um livro de autoajuda?

Não lhe parece estranho pagar tão pouco por um livro que contém tudo o que você precisa para transformar sua vida medíocre num mar de felicidade e prosperidade?

Não lhe parece estranho que um segredo continue sendo um segredo mesmo depois que milhões de pessoas saberem do que se trata?

Continue lendo “que segredo é esse?”

o que nunca disseram sobre autoajuda

Depois que você leu um punhado de livros de autoajuda e continua na mesma pindaíba, espero que já tenha entendido que o segredo para o sucesso não consiste em apenas querer ser um sucesso.

Embora os livros de autoajuda digam que você tem tudo para ser o próximo milionário, você continua almoçando no quilo mais barato. Por mais que você queira ser rico. Por mais que você queira muito ser rico. Por mais que você queira muitíssimo ser rico.

Querer, apenas, não adianta. Querer, somente, não vai te dar um Real. Querer, isoladamente, é como sonhar com a Mega Sena sem ao menos comprar um bilhete. É um sonho tolo, uma esperança inútil.

Continue lendo “o que nunca disseram sobre autoajuda”