demagogia corporativa

DemagogiaImagine que você está indo fazer uma entrevista de emprego em uma grande empresa e, ao passar pela recepção, depara-se com uma pessoa em um terno impecável, varrendo o chão com aquele belíssimo esfregão amarelo e um balde com desinfetante.

Curioso com a cena, você pergunta ao entrevistador quem era aquele senhor.

– É o nosso CEO, responde ele. Ele acredita que liderar é por a mão na massa.

Esta é a essência do quê está retratado na imagem ao lado. E se você continua achando que trabalhar nesta empresa pode ser uma boa ideia, é bom você repensar quais são os valores ilustrados pela cena.

Continue lendo “demagogia corporativa”

o queridinho dos atendentes

- Liga pra mim, seu lindo!
– Liga pra mim, seu lindo!

Chega a ser lugar-comum nas conversas as queixas contra as centrais de teleatendimento. Seja de operadoras de telefonia celular ou de tv a cabo, quase todo mundo tem uma reclamação sobre o nível do serviço que recebem. Talvez eu seja uma exceção a esta desagradável regra.

Como bem descreve Dan Ariely em Positivamente Irracional, a saga funciona como um ciclo vicioso: uma pessoa descontente com o atendimento trata o operador com grosseria; este, ficando irritado, passa o mau humor ao próximo cliente, que também se sentirá contrariado e será estúpido em seu próximo contato – e assim por diante.

Inexplicavelmente (ou não), o oposto acontece comigo: costumo ser muito bem atendido e ter (quase) sempre os meus problemas solucionados. Não por milagre, isto parece ter mudado depois que li o livro mencionado acima e entender a dinâmica descrita.

Continue lendo “o queridinho dos atendentes”