o queridinho dos atendentes

- Liga pra mim, seu lindo!
– Liga pra mim, seu lindo!

Chega a ser lugar-comum nas conversas as queixas contra as centrais de teleatendimento. Seja de operadoras de telefonia celular ou de tv a cabo, quase todo mundo tem uma reclamação sobre o nível do serviço que recebem. Talvez eu seja uma exceção a esta desagradável regra.

Como bem descreve Dan Ariely em Positivamente Irracional, a saga funciona como um ciclo vicioso: uma pessoa descontente com o atendimento trata o operador com grosseria; este, ficando irritado, passa o mau humor ao próximo cliente, que também se sentirá contrariado e será estúpido em seu próximo contato – e assim por diante.

Inexplicavelmente (ou não), o oposto acontece comigo: costumo ser muito bem atendido e ter (quase) sempre os meus problemas solucionados. Não por milagre, isto parece ter mudado depois que li o livro mencionado acima e entender a dinâmica descrita.

Continue lendo “o queridinho dos atendentes”

dan ariely e a autoajuda

ArielyEm seu mais recente livro, A mais pura verdade sobre a desonestidade (Campus, 2012), Dan Ariely expõe o lado mentiroso de todos nós – embora nos esforcemos um bocado para ocultá-lo.

Para o autor, a desonestidade permeia nossas vidas de uma forma tão onipresente que, basicamente, nem nos damos mais conta dela. Segundo Ariely, somos pródigos em criar lorotas para nós mesmos, para justificar nossas falhas do dia-a-dia e, ainda assim, continuarmos acreditando que somos pessoas boas e honestas.

Lá pelas tantas, Ariely aborda a autoajuda “e seus primos, o excesso de confiança e o otimismo”. Para ele, o auto engano tem seus prós e contras, a saber:

Continue lendo “dan ariely e a autoajuda”